a guy reading a book called "BIM for Dummies"

12 principais termos de BIM explicados

No mundo em constante mudança da construção, o Building Information Modeling (BIM) é uma tecnologia-chave que aumenta a eficiência, a precisão e o trabalho em equipe. É essencial para qualquer pessoa neste ramo entender o BIM e os conceitos relacionados a ele. Este artigo detalha alguns termos importantes relacionados ao BIM, desde a ideia básica do próprio BIM até conceitos mais específicos como Common Data Environment (CDE), Digital Twins e muito mais. 

1. BIM (Building Information Modeling, ou Modelagem da Informação da Construção)

Building Information Modeling, ou BIM, é um processo colaborativo que usa ferramentas digitais para criar modelos 3D detalhados de edifícios. Esses modelos ajudam arquitetos, engenheiros e trabalhadores da construção civil a visualizar como será um edifício e como ele vai funcionar, antes mesmo de ser construído. O BIM torna mais fácil para todos entenderem o projeto e trabalharem juntos de forma eficiente. Ele pode ajudar a prevenir erros e garantir um processo de construção suave.   

2. Ambiente Comum de Dados (CDE)

Um Common Data Environment (CDE) é um espaço on-line centralizado onde todas as informações necessárias para um projeto de construção são armazenadas, gerenciadas e compartilhadas. Isso inclui modelos, relatórios e outros dados importantes. Ele ajuda todos os envolvidos em um projeto a se manterem atualizados, pois todos podem acessar e usar os dados corretos do projeto simultaneamente. O uso de uma única fonte de verdade para todos os dados do projeto simplifica os fluxos de trabalho, resultando em menos confusão e menos erros, pois todos têm os dados mais recentes disponíveis.  

3. Digital Twin (Gêmeo Digital)

Um Digital Twin é um modelo virtual projetado para refletir com precisão um objeto físico. No âmbito do BIM, o Digital Twin é uma representação virtual de um edifício ou projeto de infraestrutura. Ele permite que você execute simulações, analise possíveis mudanças e otimize o comportamento e o desempenho do edifício. Ele pode ajudar na tomada de decisões proativas, na manutenção preditiva e na melhoria da eficiência operacional.  

Você sabia que  o BIMcollab Twin serve como uma poderosa plataforma Digital Twin centrada em documentos baseados em modelos e gerenciamento de ativos, desde o projeto e construção até a manutenção e operação? Ao se integrar perfeitamente ao seu fluxo de trabalho BIM, o BIMcollab Twin pode te ajudar a impulsionar a adoção do BIM em todos os seus projetos, melhorando a tomada de decisões e aprimorando o gerenciamento de projetos.   

4. Detecção de clashes ou conflitos (Clash Detection)

A detecção de clashes em BIM é uma técnica crucial usada para identificar e resolver conflitos ou colisões entre elementos de construção.  Esse processo ajuda arquitetos, engenheiros e profissionais da construção civil a antecipar e resolver possíveis problemas antes do início da construção. A detecção eficaz de clashes reduz o risco de erros durante a fase de construção, evitando retrabalhos caros e atrasos, melhorando a eficiência e a coordenação.  

O BIMcollab Zoom aprimora esse processo ao fornecer uma plataforma visual onde os conflitos podem ser facilmente identificados, discutidos e resolvidos diretamente dentro do modelo, agilizando a coordenação e o gerenciamento de projetos. Saiba mais sobre como o BIMcollab Zoom pode se integrar ao seu fluxo de trabalho para melhorar a eficiência e a precisão.  

5. Níveis de Maturidade BIM

Os Níveis de Maturidade BIM categorizam o grau de integração BIM em projetos ou organizações em vários estágios:

NívelDetalhes da implementaçãoPrincipais Características
Nível 0Sem uso de BIM; predominam as técnicas de desenho tradicionais.Utilização de desenhos em papel e sistemas CAD 2D; Os dados geralmente são isolados.
Nível 1Uso misto de sistemas CAD 2D e 3D; Os dados são digitais, mas não integrados.Sistemas CAD 2D e 3D são usados separadamente; Os fluxos de trabalho e as informações do projeto não são integrados.
Nível 2Integração parcial com criação de modelos específicos de disciplinas; Começando a compartilhar informações digitais.Utiliza CAD 3D para documentação; os dados são compartilhados em um Common Data Environment (CDE), mas não totalmente integrados em um único modelo.
Nível 3Integração BIM total com um modelo de projeto único e compartilhado acessível por todas as partes.Todos os stakeholders colaboram em modelos centralizados armazenados em um servidor central; Muitas vezes incorpora computação em nuvem para atualizações e colaboração em tempo real.

6. Nível de Desenvolvimento (LoD)

O Nível de Desenvolvimento (LoD) define o grau de precisão e detalhamento de componentes individuais em um modelo BIM em diferentes estágios de um projeto. Existem cinco estágios de LoD, que vão desde conceituais até altamente detalhados:  

  • LoD 100: O elemento de modelo é representado graficamente com símbolos básicos ou espaços reservados genéricos, fornecendo quantidades aproximadas, tamanho, forma e localização.
  • LoD 200: os espaços reservados genéricos são substituídos por geometrias aproximadas e podem incluir quantidades, tamanhos, formas e orientações. Trata-se mais de visualização geral do que detalhamento preciso.
  • LoD 300: Nesta etapa, os elementos do modelo são modelados com precisão como sistemas ou produtos específicos com geometrias precisas, fornecendo informações adequadas para fabricação, construção e montagem.
  • LoD 350: Inclui todas as informações no LoD 300, além de elementos adicionais que mostram como diferentes sistemas interagem entre si. Este LOD é útil para coordenação e detecção de clashes.
  • LoD 400: Este nível de desenvolvimento se preocupa com detalhes de fabricação, apresentando elementos de modelo que são definidos com geometrias específicas e informações adequadas para fabricação e instalação.
  • LoD 500: Representa elementos que são modelados como montagens construídas para manutenção e operações. Isso normalmente segue a construção real e é usado para o gerenciamento do ciclo de vida.

Cada nível corresponde a um maior detalhe e precisão, apoiando uma melhor tomada de decisão ao longo do ciclo de vida do edifício.  

7. COBie (Construction Operations Building Information Exchange ou Intercâmbio de Informações Prediais de Operações de Construção)

O COBie é um formato padronizado para organizar e entregar informações de construção em um formato não proprietário. Ele captura e organiza informações sobre os componentes, sistemas e espaços de um edifício em um formato de planilha. Ele é particularmente usado para agilizar o processo de transferência para os gerentes de instalações. Ao usar o COBie, você pode garantir que todas as informações essenciais necessárias para a operação e gerenciamento de um edifício sejam transferidas da equipe de construção para os gerentes de instalações em um formato estruturado e padronizado. Esse formato é útil para capturar e registrar dados importantes do projeto à medida que ele progride, facilitando o gerenciamento de instalações após a conclusão da construção.  

8. IFC (Industry Foundation Classes)

Industry Foundation Classes (IFC) é um formato de arquivo aberto e o padrão global para compartilhar informações sobre projetos de construção. O IFC facilita a interoperabilidade no setor de arquitetura, engenharia e construção (AEC), fornecendo uma maneira de compartilhar dados de construção entre diferentes aplicativos de software. Ele promove a flexibilidade e a colaboração, garantindo que os stakeholders do projeto possam acessar e trabalhar com os mesmos dados precisos durante todo o ciclo de vida do projeto.  

9. BCF (BIM Collaboration Format)

O BIM Collaboration Format (BCF) é um formato de arquivo aberto que permite a adição de comentários textuais, capturas de tela e muito mais sobre o modelo IFC. Este formato é projetado especificamente para gerenciar os apontamentos (ou issues) e comunicação durante processos BIM. Ele permite que os usuários enviem e rastreiem issues, anexando a objetos dentro do modelo 3D. Os stakeholders podem se comunicar de forma eficaz sem alterar o modelo BIM subjacente. O BCF desempenha um papel crucial no aprimoramento da colaboração, facilitando a abordagem, a documentação e a resolução de apontamentos à medida que eles surgem durante o projeto.  

10. Objetos BIM

Objetos BIM são representações digitais de elementos e materiais físicos de construção que podem ser usados em modelos BIM. Esses objetos carregam informações vitais para o processo BIM, incluindo geometria, dados visuais e dados funcionais. Eles podem representar qualquer coisa, desde componentes grandes, como paredes e janelas, até acessórios menores, como alças e parafusos. Os objetos BIM são cruciais para a criação de modelos 3D detalhados, reutilizáveis e ricos em informações que suportam o projeto, a montagem e a manutenção de sistemas prediais.  

11. Plano de Execução BIM (BEP)

O Plano de Execução BIM (BEP) é um documento que descreve como o processo BIM será utilizado em um projeto. Inclui quais métodos serão seguidos, quem fará o quê e como as informações serão compartilhadas. O plano garante que todos os envolvidos no projeto entendam seus papéis e saibam como usar o BIM de forma eficaz para atingir os objetivos do projeto.  

12. Edifício Inteligente (Smart Building)

Um edifício inteligente usa processos automatizados para controlar e otimizar as operações do edifício. Pense em aquecimento, ventilação, ar condicionado, iluminação, segurança e outros sistemas. Ao integrar dados BIM, os edifícios inteligentes aproveitam as informações do modelo 3D para melhorar as operações de manutenção e reduzir o uso de energia e os custos operacionais. A tecnologia inteligente em edifícios pode aumentar a eficiência do edifício, melhorar o conforto dos ocupantes e diminuir o impacto ambiental.  

Interessado em saber mais sobre BIM? Sinta-se à vontade para conversar com um de nossos especialistas em BIM e descubra como o BIM pode ajudá-lo a realizar projetos bem-sucedidos.

Nossos especialistas em BIM estão prontos para ajudá-lo. Sinta-se à vontade para agendar uma reunião pessoal 1 a 1 para saber mais.